O património único de Colaride continua sujeito ao abandono.

A deposição de entulhos e a ausência de qualquer sinalização no sentido de a evitar é bem o sinónimo do que atrás se afirma.

Pior ainda, a recente destruição de parte da Estação Arqueológica da Barôta (vestígios com mais de 35 mil anos) por uma obra ilegal duma conhecida empresa imobiliária deixa bem claro que são urgentes medidas concretas.

Paradoxalmente, verifica-se a carência de espaços de lazer de dimensão aceitável na Linha de Sintra, fruto duma construção densa, sem respeito pelos corredores ecológicos, situação esta que Colaride poderá contribuir para resolver como oportunidade única de requalificação ambiental e valorização paisagística da área.







Futuro Parque     Flora     Arqueologia e História     Gruta     Paisagem     Localização     Contactos
Projecto Parque de Colaride - Associação Olho Vivo