Muitas campanhas locais e internacionais de opinião pública tem sido ganhas recorrendo a algo tão simples como a pressão dos cidadãos junto dos responsáveis políticos, feita através de cartas dirigidas a quem pode decidir. De facto, por cada carta recebida os políticos chegam a contabilizar mais de 500 pessoas que, sabendo do problema e partilhando da opinião, simplesmente não se dão ao trabalho de escrever. Dedicando apenas alguns minutos a escrever uma carta breve você estará realmente a tomar uma acção efectiva na defesa de Colaride e da criação do Parque Cultural e Natural.



1. A defesa de Colaride é essencial para a criação de espaços de lazer e para a requalificação ambiental da Linha de Sintra. O património de Colaride precisa ser preservado.

2. A salvaguarda do Património de Colaride está definida no Regulamento do Plano Director Municipal de Sintra aprovado em 1998. A Câmara tem obrigação de zelar pela concretização da estratégia expressa no seu Plano Director o que passa pelo desenvolvimento de um Plano de Pormenor para o futuro Parque de Colaride.

3. Enquanto se planeia o futuro é urgente que a Câmara assuma as suas responsabilidades imediatas na preservação do Património existente e tome medidas no sentido de:

  • proceder à limpeza regular dos estulhos e lixos que se acumulam à beira dos acessos.
  • pôr fim às descargas ilegais de industrias químicas na Gruta de Colaride, património geológico do Concelho.
  • pôr termo à ocupação ilegal e já denunciada da estação arqueológica da Barôta ( com + de 35 000 anos) e exija à empresa infractora (Pimenta e Rendeiro, Lda) a reposição do terreno afectado na situação inicial.

Escreva uma carta polida para os endereços abaixo.



  • Ex.ma Drª Edite Estrela
    Presidente Câmara Municipal de Sintra
    Largo Dr. Virgílio Horta 2714-501 Sintra
    cm.sintra@mail.telepac.pt

  • Ex.mo Sr. Herculano Pombo
    Vereador do Ambiente e Urbanismo da CMS
    Largo Dr. Virgílio Horta 2714-501 Sintra
    cm.sintra@mail.telepac.pt

  • Ex.mo Sr. Director Regional do Ambiente de Lisboa e Vale do Tejo
    Direcção Regional do Ambiente e do Ordenamento do Território (DRAOT-LVT)
    Rª Antero de quental, nº44 - 1169 - 171 LISBOA
    geral@drarn-lvt.pt

  • Ex.mo Sr. Director da Comissão de Cordenação Regional de Lisboa e Vale do Tejo
    Rua Artilharia Um, nº 33, 1269-145 Lisboa - Portugal
    ccrlvt@ccr-lvt.pt


Note: Apesar da indignação que possa sentir, é muito importante que seja cortês na sua carta. Procure ser sucinto e claro nas suas exigencias.

Preferencialmente envie as cartas para a Câmara por correio (o email pode mais facilmente se "perder" e nunca chegar ao conhecimento do destinatário).

Além disso, pode enviar carta registada com aviso de recepção e mecionar "ao abrigo do Cód. Procedimento Administrativo aguardo esclarecimentos sobre as diligências tomadas na resolução dos problemas apontados" garantindo que a Administração lhe irá responder num prazo máximo de 30 dias úteis (de acordo com a Lei em vigor).







Futuro Parque     Fauna     Flora     Arqueologia e História     Gruta     Paisagem     Contactos     Localização
Projecto Parque de Colaride - Associação Olho Vivo